Móveis de escritório: como manter a conservação dos estofados

Móveis de escritório: como manter a conservação dos estofados

O uso contínuo dos móveis de escritório, tais como, sofás, poltronas, cadeiras e puffs, gera maior desgaste a essas mobílias. Por isso, é fundamental que as empresas mantenham uma rotina de limpeza para melhor conservação desses itens e, claro, mais conforto e segurança para os clientes atendidos.

Principais motivos para cuidar dos móveis de escritório

As medidas de prevenção contra o novo Coronavírus é o principal motivo para cuidar da limpeza e conservação dos móveis. A circulação de pessoas que visitam esses locais pode agravar o risco de contaminação pela covid-19. Logo, antes de pensar em qualquer resultado estético, o cuidado com os móveis de escritório é uma forma de promover a saúde de todos.

Para além das questões da pandemia, a manutenção dos estofados é importante para evitar os desgastes e prolongar a vida útil do móvel. Além disso, também promove:

  • limpezas que evitam o acúmulo de poeira e sujeiras, sobretudo na parte interna;
  • conservação da aparência renovada por mais tempo;
  • mais bem-estar e conforto para visitantes;
  • prevenção contra acidentes.

Mas isso só será possível mediante uma rotina de limpeza e conservação dos móveis, considerando cada tipo de tecido desses estofados.

Tipos de tecido e os cuidados diários com a limpeza

Confira abaixo três tipos de tecidos comuns em móveis de escritório e o que fazer para manter a limpeza diária e maior conservação ao longo tempo.

– Móveis com assentos ou partes de tecido comum

Evite usar produtos químicos, sobretudo aqueles que podem deixar manchas, a exemplo de composições com cloro ou alvejantes.

Em caso de sujeiras e acidentes com líquidos, retire o mais rápido possível usando um papel absorvente, esponja ou pano limpo. Lembre-se de fazer movimentos suaves para não causar manchas ao tecido.

Atenção, alguns acidentes com líquidos merecem cuidado especial:

– substâncias aquosas e/ou oleosa: usando um pano branco limpo ou papel absorvente,  remova a substância sem comprimir o tecido do móvel.

– substâncias pastosas ou sólidas: primeiro, remova o excesso com a ajuda de uma espátula e depois limpe com os tecidos indicados para a limpeza.

Se as manchas persistirem, o ideal é a contratação de um profissional especializado para que ele possa fazer a limpeza profunda. Não tente resolver sozinho(a), pois isso pode piorar o estado do estofado aumentando a mancha e até criando mofo no tecido.

– Materiais de vinil e couro ecológico

Para fazer a limpeza diária, use um pano limpo, de preferência macio, umedecido em água e com um pouco de detergente neutro. Para esses tipos de materiais no estofado também não é recomendado o uso de produtos químicos, pois o couro ecológico pode sofrer ressecamento e acabar sendo danificado ao longo do tempo.

– Móveis em couro:

A limpeza pode ser feita também com pano bem, de preferência também macio, umedecido em água.

Uma dica especial é aplicar um pouco de vaselina líquida com o pano macio. O procedimento pode ser feito com movimentos suaves e circulares para espalhar e ter melhor absorção pelo tecido.

Antes de voltar a usar o móvel, certifique-se que todo o produto foi absorvido pelo tecido. Mas caso note algum excesso, retire com pano limpo ou papel absorvente.

Essas dicas de limpeza e manutenção dos móveis de escritório são fundamentais para prolongar a vida útil da sua mobília e promover mais conforto e saúde para clientes e funcionários.

Quer mais dicas de limpeza e organização para o seu escritório?

Acompanhe nossas redes sociais: Turbilhão

Share this post


× Como posso te ajudar?