Limpeza e higienização: checklist de prevenção à COVID-19

limpeza

Limpeza e higienização: checklist de prevenção à COVID-19

O Brasil já ultrapassou a marca de 100 mil mortes pelo novo coronavírus, segundo dados do Ministério da Saúde, o que torna imprescindível e urgente a adoção de medidas de prevenção para evitar que o número de casos continue crescendo, sobretudo com a retomada das atividades comerciais.

Pensando nisso, preparamos esse checklist de limpeza e higienização para que todos saibam como manter o ambiente sempre livre do vírus.

Limpeza e Higienização: principais diferenças

Antes das tarefas, é preciso relembrar que a eliminação dos microrganismos que se alojam nas superfícies de móveis e objetos não são facilmente extraídos com limpeza comum. Por isso, além de limpar é preciso higienizar os locais.

Apara evitar a propagação de vírus e bactérias deve-se combinar os dois métodos de tratamento ou até mesmo a sanitização, inclusive muito indicada nesses dias de pandemia pela eficácia do método.

Enquanto a limpeza faz uso, por exemplo, de esponja e sabão para remover impurezas e sujeiras das superfícies, na higienização utiliza-se produtos químicos para reduzir a quantidade de bactérias alojadas em um objeto, móvel ou ambiente.

Com isso, essas são duas ações indispensáveis para prevenção à COVID-19

Tarefas do checklist de prevenção à covid-19

Utilizando como base a combinação limpeza e higienização, as seguintes tarefas fazem parte do checklist para combate ao novo coronavírus:

  1. Selecione os principais itens de limpeza geral e equipamentos de proteção individual

Escolha os acessórios que vai utilizar para limpar, tais como, vassoura, pano de chão, sabão (líquido ou em pó) e os produtos químicos para a devida higienização das superfícies.

Além disso, será preciso utilizar equipamentos individuais como aventais, proteções para o rosto, capas e luvas descartáveis, sempre lembrando de lavar bem as mãos antes e depois da limpeza. O ideal é que faça isso com água e sabão ou desinfetante com 70% de álcool em sua composição.

  • Escolha produtos químicos adequados ao ambiente e superfícies

Segundo a Anvisa, os desinfetantes domésticos e soluções de limpeza, a exemplo da água sanitária, funcionam bem para objetos e utensílios. O uso desses produtos ajuda a combater os germes, mas como já ressaltamos em outro artigo, somente a sanitização de ambientes garante uma redução de até 99% dos microrganismos que se alojam nas superfícies rígidas.

  • Antes de limpar, areje os ambientes.

Minutos antes de começar, abra janelas e portas para aumentar a circulação de ar no ambiente. Caso não possua esse tipo de entrada, utilize ventiladores ou equipamentos de ar condicionado com qualidade de filtragem. Assim poderá promover boa ventilação no local e reduzir os riscos de contaminação.

  • Comece com a limpeza dos ambientes e depois faça a higienização

Como listamos acima, primeiro o ambiente deve ficar limpo das impurezas e depois ser higienizado. Para isso, pode fazer uso de sabão e água para sujeiras e produtos químicos para higienização.

  • Lembre-se de limpar a superfície dos estofados e lavar lençóis em alta temperatura

Todo resíduo e sujeira encontrada nos sofás, poltronas, tapes e até cortinas deve ser removido com os produtos adequados a cada tipo de tecido. Para os lençóis, indica-se uma lavagem em água quente para eliminar vírus e fungos.

Pode parecer difícil e muito minucioso, mas o cumprimento dessas etapas é fundamental para garantir a segurança e bem-estar de todos, sejam eles clientes ou familiares. Inclusive, a limpeza e higienização dos ambientes são duas ações que nunca podem sair da lista de tarefas.

Se precisar de ajuda nessa missão, chama a Turbilhão!

Nossa equipe especializada está totalmente preparada para esses serviços de limpeza.

Share this post


× Como posso te ajudar?